Tá faltando quem?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tá faltando quem?

Quem reclama de prisão de Cunha pensa evitar ser delatado e, talvez, prisão de Lula

José Nêumanne

21 de outubro de 2016 | 09h44

“Bom dia”, disse Cunha ao chegar no IML

Não se deixe enganar pelo caridoso “garantismo” que subitamente despertou a ira de advogados e acadêmicos, além de ter desnorteado totalmente a esquerda saudosa de Dilma, contra a prisão “injustificável” de Eduardo Cunha, que, antes de ser preso pela Lava Jato, era uma unanimidade nacional de rejeição e ódio. Quem faz essa onda inesperada pensa apenas em salvar a própria pele, temendo o efeito devastador de uma eventual delação premiada do preso, que acaba de contratar um especialista em “colaboração”, Dr. Arns. Este saiu de uma visita ao preso negando a possibilidade de isso acontecer (mas quem acreditou no cara?). E evitar a prisão (que ainda não foi decretada) de Lula.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na sexta-feira 21 de outubro de 2016, às 7h10m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

Clique no play sobre a foto e ouça Dalva de Oliveira