Suspeitos fingem julgar Moro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Suspeitos fingem julgar Moro

Enquanto na CCJ da Câmara ministro lembrava a Gleisi que ela é investigada, e não ele, Palocci contava na CPI do BNDES na sala ao lado participação dela e do marido na corrupta contratação da Odebrecht em Angola com propina ao PT

José Nêumanne

03 de julho de 2019 | 22h53

Durante sete horas e meia CCJ da Câmara montou farsa em que seus membros suspeitos fingiam julgar juiz sem crime. Foto: Gabriela Biló/Estadão

Tentativas da esquerda de constranger Sérgio Moro com revelações do Intercept de pretensas mensagens de Telegram de autoridades do combate à corrupção na CCJ da Câmara só serviram para afundar ainda mais no descrédito popular esquerda encalacrada em processos de corrupção da Lava Jato.

Para ver meu comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 3 de julho de 2019 clique aqui

Tendências: