STF manda investigar Bolsonaro

Presidente do TSE, Barroso, elencou oito crimes contra Bolsonaro e mandou para seu colega no STF, Moraes, relator do inquérito das fake news, mais três, para incluir presidente na ação

José Nêumanne

05 de agosto de 2021 | 17h01

Presidente do TSE, Barroso, sugeriu e relator do !inquérito do “fim do mundo” no STF, Moraes, aceitou e Bolsonaro passou a ser investigado pela PF por mentir contra urnas eletrônicas. Foto: SCO/STEF

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, atendeu à sugestão do TSE e mandou investigar Bolsonaro por alegar fraudes nas urnas eletrônicas. O caso será autuado à parte e distribuído por prevenção ao inquérito das fake news.  Na notícia-crime assinada pelo presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, foram listados: calúnia, difamação, injúria, incitação ao crime, apologia ao crime, associação criminosa e denunciação caluniosa. Alexandre completou os 11 com ‘injuriar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando a fins de propaganda’, além de três  previstos na LSN: tentar mudar, com emprego de violência ou grave ameaça, a ordem, o regime vigente ou o Estado de Direito; fazer, em público, propaganda de processos violentos ou ilegais para alteração da ordem política ou social; e incitar à subversão da ordem política ou social.

Assuntos para comentário na quinta-feira 5 de agosto de 2021:

1 – STF passa a investigar Bolsonaro por fake news antidemocráticas – Esta é a manchete de primeira página na edição impressa do Estadão de 5 de agosto de 2021. Qual é a importância, a seu ver, da decisão do Supremo Tribunal Federal de incluir o presidente da República no inquérito sobre mentiras com intenções autogolpistas

2 – Manifesto de empresários defende urna eletrônica – Este é o título de uma chamada no alto de primeira página do jornal desta quinta-feira. Que influência poderá exercer um documento desse a esta altura em que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, assumiu publicamente a defesa da impressão do voto

3 – Sem acordo, Câmara desiste de votar na madrugada PEC que institui “distritão” – Este é o título de chamada de primeira página no Portal do Estadão de hoje. O que você tem a dizer sobre essa tentativa e desistência dos deputados federais em atenderem a uma das pautas da chamada reforma eleitoral do Centrão

4 – A mão oculta da PF volta a assombrar a CPI da Covid – Este é o título do artigo de Mário Sheffer publicado há pouco no portal do Estadão. O que você tem a dizer sobre isso

5 – Mãe liga bullying em rede social à morte do filho – Este é o título de chamada na primeira página do Estadão que está circulando. O que levou a cantora de forró Walkíria Santos a atribuir à pressão sofrida na tela do computador à decisão que Lucas de 16 anos tomou de se matar

6 – Na quarentena,  Carolina de Jesus, inédita – Este é o título de outra chamada na primeira página do jornal. Qual é, em sua opinião, a importância do lançamento de textos que ainda não tinham sido publicados da autora do grande sucesso de Quarto de despejo

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.