STF dá aval à corrupção
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

STF dá aval à corrupção

Após Temer sancionar reajuste de seus subsídios, maioria dos ministros do STF deu aval a indulto natalino de 2017 no qual presidente incluiu corruptos condenados e presos pela Lava Jato

José Nêumanne

30 Novembro 2018 | 11h47

Gilmar e Lewandowski, unidos pela ressurreição da velha políltica na sessão do Supremo que liberou indulto criminoso de Temer. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Sessão do STF que adiou decisão final de julgamento já decidido a favor do indulto criminoso de Temer a corruptos e outros bandidos camaradas da política deixou claro que a cúpula do Poder Judiciário não é mais guardião da Constituição, mas passou a usá-la como pretexto para servir de bastião à velha politica corrupta e podre da República. Após haver conseguido de deputados, senadores e Temer, muitos deles suspeitos da roubalheira que assola o País, minando assim os esforços da Lava Jato, aprovados pelo cidadão na eleição de outubro, e antes de derrubar a jurisprudência da possibilidade de prender condenados em segunda instância até abril, “supremos” levam a extremo sua abominável missão de soltar.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na sexta-feira 30 de novembro de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

 

 

Assuntos para comentário da sexta-feira 30 de novembro de 2018

 

1 – Haisem – STF deu maioria a favor do indulto de Temer. Pedido de vista adiou resultado final

SONORA_TOFFOLI 3011

 

2 – Carolina – O que houve de inusitado que o chocou na sessão do julgamento do indulto pelo STF, mais até do que seu resultado

SONORA_GILMAR MENDES 3011

 

3 – Haisem – Muita gente tem interesse em minha morte, diz Bolsonaro

 

4 – Carolina – Bolsonaro diz que atual proposta de reforma é “um pouco agressiva” para o trabalhador

 

5 – Haisem – CCR entrega caixa 2 de 30 milhões para Alckmin e Serra

 

6 – Carolina – Palocci em casa e delatando também para MPF

 

7 – Haisem – Pezão vai cumprir pena em sala de Estado Maior em Niterói e PF diz que ele sucedeu Cabral na chefia da organização criminosa

 

8 – Carolina – Rosa Weber insinua que pode votar