Sois rei

Sois rei

Ministro da Segurança, Raul Jungmann, parte de pressuposto que os 159 presos num baile que teria sido promovido por milicianos na periferia do Rio são bandidos até prova em contrário, criando presunção da culpa em democracia

José Nêumanne

23 de abril de 2018 | 10h35

 

Comunista, Jungmann trata pobres da periferia do Rio como se fosse o rei da França pré-revolucionária. Foto: Fábio Motta/Estadão

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, inverteu o conceito válido em qualquer república desde a romana segundo o qual o Estado é que tem de provar a culpa de um suspeito, pois o cidadão imputado é sempre presumivelmente inocente. Na condição de mais alta autoridade responsável pela prisão de 159 pessoas que participavam de um baile que teria sido promovido por milicianos na Zona Oeste do Rio de Janeiro, ele teve o desplante de afirmar publicamente que, até prova em contrário, falta de antecedentes criminais nada vale e os presos é que têm de provar sua inocência. O comandante do Exército, general Villas Boas, chefe do interventor na segurança do Rio e do secretário de Segurança do Estado faz frequentes comunicados contra impunidade, mas não levou em conta esse excesso de abuso de autoridade que remonta ao absolutismo real.  Náusea!

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107.3 – na segunda-feira 23 ded abrilo de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida no play

Para ouvir Ideologia, de e com Cazuza, clique aqui

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

 

Assuntos do comentário de segunda-feira 23 de abril de 2018:

 

1 – Haisem Em que dispositivo constitucional o ministro extraordinário da Segurança Pública encontrou apoio para o fato de 139 dos 159 presos num baile que as autoridades dizem que eram de bandidos terem de provar que não o são e só assim para serem soltos?

 

2 – Carolina Que tipo de democracia o comandante do Exército pretende preservar, conforme nota que distribuiu no dia do soldado, se a instituição que comanda é cúmplice de ações infames como essa ocorrida no tal baile da milícia na Zona Oeste do Rio?

 

3 – Haisem O site oficial do PT distribuiu nas redes sociais no fim de semana um vídeo gravado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC no qual o comandante máximo do partido e da esquerda garante que poderia ter fugido, se quisesse, antes de ser preso por Moro. Isso é verdade ou bazófia?

 

4 – Carolina – Já que você se refere à noite do sábado 7 de abril, no qual Lula se entregou à Polícia Federal em São Bernardo do Campo, onde estão os profetas do caos, caso do ministro do STF Marco Aurélio Mello, que previram o País incendiado em caso de prisão do petista? Não seria o caso de pedirem desculpas ao distinto público pelo falso pânico que poderia ter resultado de previsões que não se confirmaram na realidade 16 dias depois?

 

5 – Haisem Em seu artigo semanal no Globo no sábado 21 de abril, sob um título muito oportuno, o Bloco da Saudade, o ex-guerrilheiro mineiro Fernando Gabeira diagnosticou que “a questão da impunidade não foi resolvida porque há um forte núcleo da impunidade no STF”. Em que ele se baseia para fazer uma afirmação tão dura, corajosa e perigosa?

 

6 – Carolina Você diria que, de certa forma, o deputado petista fluminense Wadih Damus, tido como porta-voz do Lula no Congresso Nacional, confirmou o que Gabeira escreveu ao afirmar que o ministro do STF Gilmar Mendes, considerado velho inimigo de Lula e do PT, principalmente por seus votos e pronunciamentos à época do mensalão, seria agora o que chamou de “nosso aliado”?

 

7 – Haisem No fim da semana passada o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB, protagonizou uma denúncia do MPF que talvez não tivesse sido feita se ele ainda gozasse do foro privilegiado que o mantinha fora do alcance desse tipo de processo penal quando gozava do infame foro privilegiado antes de se desimcompatibiliar. É um caso único?

 

 

8 – Haisem Aliás, muito se tem falado de informações trazidas sobre vários adversário históricos do PT pelos delatores premiados da JBS. O que estará faltando para Joesley Friboi Batista apresentar ao Ministério Público Federal as provas do que afirmou em suas primeiras denúncias sobre eventuais contas conjuntas que teria aberto com Lula e Dilma no exterior?

 

SONORA Ideologia Cazuza

https://www.youtube.com/watch?v=jfw7XVkLqlY

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.