As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Senado deveria manter MP 870/19

Presidente mostra prudência ao recomendar que seja evitad0 em 3 de junho que caduque MP que reduz ministérios de 29 para 27, mesmo com transferência do Coaf da Justiça para Economia

José Nêumanne

25 de maio de 2019 | 16h23

Bolsonaro recomenda com prudência que Senado não faça alterações na MP 870/19 aprovada na Câmara para evitar surpresa desagradável. Foto: Reprodução/Facebook

Em sua live, ao lado de Onyx Lorenzoni e do presidente da Embratur, o presidente Jair Bolsonaro pediu para o Senado manter a MP 870, que ele encaminhou para o Congresso logo após a posse, da forma como a Câmara aprovou. Com isso, o Coaf iria para o Ministério da Economia, e não ficaria no da Justiça, como prega o senador Álvaro Dias. Sempre defendi o Coaf sob Moro, mas corretamente o presidente não quer correr o risco de a MP caducar e o governo voltar a ter 29 ministérios em 3 de junho, para quando está marcada a votação. Afinal, Paulo Guedes não terá nenhuma intenção de sabotar o combate à corrupção e poderá gerir o Coaf com conselhos e até mesmo a participação de Moro. Por que não? Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no YouTube clique aqui

Tendências: