Sem santa no covil
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sem santa no covil

Odebrecht desmonta a versão fictícia de que Dilma era uma santa no covil dos assaltantes da República

José Nêumanne

02 Março 2017 | 09h45

Marcelo Odebrecht deixa a prisão para depor no TSE Foto Paulo Lisboa/Foto Press

Marcelo Odebrecht deixa a prisão para depor no TSE Foto Paulo Lisboa/Foto Press

O depoimento de Marcelo Odebrecht ao TSE desmonta a versão fictícia de que Dilma Rousseff era um anjo de candura num covil de ladrões. Ele contou ao relator da ação do PSDB contra ela e Temer que a participação dela foi efetiva e sem ela a máquina de devorar recursos públicos passando-os para o partido, os militantes e seus aliados não teria como funcionar. Temer só pode ser incriminado por delitos eventualmente cometidos no exercício da presidência. Mas esta ação específica pode extinguir seu mandato por crime eleitoral. Assim como uma condenação poderá impedir que seja cumprido o fatiamento constitucional por Renan Calheiros e Ricardo Lewandowski favorecendo Dilma/Janete.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quinta-feira 2 de março de 2017, às 7h07m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul