Risadas à toa
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Risadas à toa

Para facilitar candidatura de Lula, Jacques Wagner topa até garantir permanência do "traidor" Temer

José Nêumanne

05 de junho de 2017 | 22h18

Jacques Wagner, em paz com Temer, quem diria, embora o considere um vil traidor Foto André Dusek/Estadão

O podcast Colunistas Jornal Eldorado da sexta-feira 2 de junho de 2017 começa com minhas críticas à festa de Temer e Meireles pelo pífio crescimento do PIB, a Lula e Dilma pelo cinismo de hábito e ao sigilo sobre quem ameaçou os Esleys Safadões. Alexandre Garcia contará que novas gravações tornam mais difícil a vida de Temer, fala de Mantega à suíça e Haddad com cifra oculta. E pergunta: e o PIB. Eliane Cantanhêde aborda Temer numa gangorra: PIB foi bom, mas PGR pediu de novo prisão do Rocha Loures, o homem que pode explodir o governo e o PT fazendo seu congresso, em que surge uma voz ponderada, a do ex-ministro e ex-governador Jaques Wagner, dizendo que não dá pra trocar presidente de seis em seis meses. Sônia Racy conta que Chefe do cartel de alimentos vai ver o sol nascer quadrado. E Marília Ruiz, da punição do Santa Cruz.

Para ouvi-lo clique aqui