As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ridículo veste laranja

PSOL veste laranja em manifestação ridícula contra projeto série e competente do governo, que enfrenta problema grave nas contas públicas criado por incompetência, incúria e corrupção da esquerda

José Nêumanne

21 de fevereiro de 2019 | 06h55

Com expressões faciais entre cínicas e contrafeitas, parlamentares do PSOL se vestem de laranja em protesto ridículo sobre assunto grave. Foto: Estadão

A palhaçada organizada pelo PSOL, legenda de extrema esquerda na representação política brasileira, durante a visita que o presidente Jair Bolsonaro fez ao Congresso para levar o projeto da reforma da Previdência, é uma demonstração inequívoca da forma leviana, covarde e burra com que a chamada “resistência” está se comportando na luta política travada na democracia brasileira. Enquanto a equipe técnica do governo levou aos representantes do povo na Câmara e no Senado um estudo sério sobre um problema grave, cuja solução poderá ser capital para reorganizar as contas públicas no Brasil, os parlamentares psolistas se vestiram de laranja numa encenação mambembe e cretina. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da quinta-feira 21 de fevereiro de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: