As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Renda Cidadã, bolsalulismo à vista

Novo programa social de Bolsonaro é assalto a mão armada de tanques e canhões para comprar votos de pobres com dinheiro surrupiado de escolas públicas e credores do governo, bolsalulismo na veia

José Nêumanne

29 de setembro de 2020 | 19h59

Cercado de Centrão por todos os lados, entre Bolsonaro e Barros, Guedes propõe financiamento inaceitável para Renda Cidadã, retirando dinheiro de Fundeb e precatórios. Foto: Dida Sampaio/Estadão

A imagem da notícia sobre o lançamento do Renda Cidadã na TV é a do QG do Centrão – só tem centrão, Bolsonaro inclusive. E o líder de todos os governos, Ricardo Barros, é o bedel do ministro da Economia, Paulo Guedes. O desvio dos precatórios (dívidas de governos com pagamento sempre postergado) e do Fundeb ( facada na educação) revela assalto a mão armada de canhão e tanque. O ministro do TCU Bruno Dantas criticou a proposta do governo para financiar o programa como sendo um forma de “mascarar” mudanças no teto de gastos. Se o Congresso aprovar, pode ser tratado como mero capacho do capitão. A recepção na sociedade civil foi tão ruim que dificilmente escaparemos do CPMF disfarçado, com Guedes submetido à censura do líder de todos os governos, Ricardo Barros. É mero bolsalulismo na veia.

Para ouvir comentário clique no link abaixo:

https://soundcloud.com/jose-neumanne-pinto/neumanne-290920-direto-ao-assunto

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

Assuntos para comentário da terça-feira 29 de setembro de 2020-09-29

1 – Haisem – Governo propõe Renda Cidadã e é acusado de armar pedalada – Esta é a manchete da edição impressa do Estadão de hoje. O que você tem a dizer sobre esta notícia

2 – Carolina – Caem regras de proteção a manguezais e restinga – Este é o título de outra chamada de primeira página de nosso jornal. Que objetivo você acha que o governo Bolsonaro persegue em relação à política ambiental, que é cobrada com muito rigor no resto do mundo

3 – Haisem – Dobra número de policiais e militares candidatos – Este é um título de mais uma chamada do jornal no alto da primeira página. O que, em sua opinião, esta constatação estatística revela sobre as eleições municipais, a serem realizadas em dois meses no Brasil

4 – Carolina – Carol Solberg é denunciada por gritar ‘Fora, Bolsonaro’ – O que esta notícia, dada na capa do Portal Estadão desde ontem, revela sobre o apreço do governo federal pela liberdade de expressão de quem não está a seu favor

5 – Haisem – Mundo chega a um milhão de mortos e teme segunda onda – É o título de chamada na capa da edição impressa do jornal. O que ainda há a dizer sobre esta efeméride macabra que assombra nosso planeta

6 – Carolina – Os maus efeitos da pandemia, além da morte – Este é o título de seu artigo publicado desde ontem no Blog do Nêumanne no Estadão. Qual é o teor deste texto seu

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: