Renan já era
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Renan já era

Fora da Mesa do Senado e da Esplanada dos Ministérios, Renan e MDB perderam alta relevância que sempre tiveram na partilha do poder sob Collor, Fernando Henrique, Lula, Dilma e Temer

José Nêumanne

04 de fevereiro de 2019 | 17h29

Mais do que eleição para Senado Renan e MDB perderam relevância no jogo político neste momento de mudança. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Ainda há nos meios de comunicação e até no governo Bolsonaro (caso de Paulo Guedes) quem tema que, derrotado na disputa pela presidência do Senado, Renan Calheiros possa usar talento, experiência e prestígio para prejudicar as reformas necessárias para a retomada da economia. Quem assim pensa não entendeu direito o que houve nem tomou conhecimento de uma prova cabal da situação vexatória em que se encontram o senador e seu partido, o MDB, depois da humilhante derrota numa eleição que considerava vitoriosa como favas contadas. Seu abjeto tweet contra Dora Kramer prova seus desespero e covardia, manifestada pela atitude de eliminar o post depois de constatada a péssima repercussão que ele teve. Apesar de ninguém da esquerda nem as feministas de plantão terem manifestado nenhuma solidariedade com a mulher ofendida. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, compartilhe-o em Twitter e Facebook, inscreva-se no meu canal e, se clicar no sininho, será informado quando publicar os próximos. Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui