Quem vai salvar o Brasil de Bolsonaro?

Presidente faz gestão desastrada no combate à pandemia, insulta e despreza mortos e suas famílias e não recua de suas atitudes insanas, mas não há força política de quem o enquadre ou deponha

José Nêumanne

04 de março de 2021 | 23h02

Gestão desastrada do combate à pandemia da covid 19 e atitudes intempestivas em que não raro despreza e desrespeita as vítimas agravam isolamento de Bolsonaro entre governantes lúcidos do mundo. Foto: Dida Sampaio/Estadão

1 – No dia em que o País assustou o mundo com recorde de 1.726 óbitos por covid, Bolsonaro aumentou nosso isolamento do planeta lúcido transferindo a culpa para governadores, prefeitos e jornalistas, que, segundo ele, , “criaram o pânico”. 2 – Dois dias antes, seu primogênito Flávio comprou uma mansão por quase 6 milhões de reais, valor que o MPRJ provou terem sido obtidos por extorsão dos funcionários de seu gabinete na Alerj. 3 – Paulo Coelho matou a pau nas redes sociais: “Nos filmes e na vida real, ladrão sempre tem compulsão de gastar dinheiro roubado”. 4 – Após sabotar voto do ex-colega Celso de Mello, Mendes, do STF, mentiu ao omitir depoimentos de funcionário do doleiro, que contou à PF ter pago propinas ao presidente da Câmara, Lira. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.