Que vergonha!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Que vergonha!

Assolado pelas dificuldades de uma crise com desemprego recorde e falta de perspectivas, brasileiro ainda está sendo obrigado a conviver com a vergonha de ser governado por um bando de suspeitos de corrupção

José Nêumanne

13 Setembro 2018 | 07h08

Áudios do coronel Lima, amigo de Temer, reforçam hipótese de que presidente pegou mesmo propina da Odebrecht. Foto: Evaristo Sá/AFP

A conclusão do inquérito da Polícia Federal de haver indícios de que Michel Temer, Moreira Franco e Eliseu Padilha receberam mesmo R$ 14 milhões de propina da Odebrecht para seu partido, o PMDB, em troca da concessão do aeroporto internacional do Galeão e o prazo de 15 dias dado pelo relator do STF no caso, ministro Edson Fachin, para a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se pronunciar sobre o caso, são graves. Numa situação delicada como a que vivemos agora, a Nação tomar conhecimento de que ocupa o mais alto poder da República um trio de suspeitos do crime de corrupção envergonha 200 milhões de brasileiros decentes e sacrificados. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde as 6 horas da quinta-feira 13 de setembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play