Que poder? Que polícia?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Que poder? Que polícia?

Governo, que não teve tropas para desobstruir estradas antes de se ajoelhar para rezar a oração dos chantagistas, agora ameaça, ameaça com polícia postos de gasolina que não derem desconto que não negociaram

José Nêumanne

05 Junho 2018 | 11h34

General Etchegoyen, militar sem tropa e porta-voz desastrado de um governo sem rumo. Foto: André Dusek/Estadão

Antes de Temer se ajoelhar perante carreteiros e transportadoras que causavam pane seca e crise de desabastecimento no País, ele apelou para as Forças Armadas, mas nenhuma estrada foi desobstruída manu militari no Brasil. Depois que Temer entregou os dedos para não ter de tirar os anéis, o chefe de seu Gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen, promovido a desastrado porta-voz da falta de rumos, ameaça postos que não deduzam do diesel consumido 46 centavos no preço com multas de mais de R$ 9 milhões, contando, para tanto, com seu “poder de polícia”. Que poder? Que polícia? Este, até a hora da ameaça, não havia prendido o vândalo que matou um caminhoneiro a tijoladas nem contou quem mandou executar Marielle Franco. Este é meu comentário no Estadão Notícias no Portal do Estadão desde 6 horas da terça-feira 6 de junho de 2018.

Para ouvir clique aqui