Que mancada, Temer!

Que mancada, Temer!

Base do governo adia votação de medidas anticorrupção pras calendas

José Nêumanne

06 de julho de 2016 | 09h51

Temer com Renan

Temer com Renan – riscos para a Lava Jato

Rombo de R$ 4,09 bilhões a ser coberto pelos mutuários do fundo de pensão dos Correios é principal evidência de que o bolso do trabalhador foi furtado por aqueles que se dizem seus representantes nos dois desgovernos petistas de Lula e Dilma. É grave. E mais ainda quando se fica sabendo que, após o afastamento dela, seu substituto temporário, Temer, ambos à espera de decisão que Senado tomará sobre impeachment, prevista para agosto, orientou seus asseclas no Congresso a retirarem do regime de urgência projetos de leis anticorrupção, inclusive as dez medidas propostas pelo Ministério Público Federal. Lamentável!

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quarta-feira 6 de julho de 2016, às 7h15m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, no play sob o anúncio em azul

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.