PT em pânico

PT em pânico

Amigão de Lula confessa que espera condenação na primeira instância, mas guerra na rua a impedirá na segunda

José Nêumanne

24 de fevereiro de 2017 | 09h02

 

Gilberto Carvalho conta com guerra na rua contra prisão de Lula

Gilberto Carvalho conta com guerra na rua contra prisão de Lula

Em entrevista de página inteira ao Valor Econômico, o ex-seminarista, ex-secretário de governo do prefeito de Santo André Celso Daniel à época de sua execução, ex-secretário particular de Lula e ex-espia dele na gestão Dilma Janete, Gilberto Carvalho, tornou patente o pânico do PT diante da perspectiva da inelegibilidade do patrão em 2018, prevendo sua condenação em primeira instância e guerra nas ruas para evitar a confirmação na segunda. Em nenhum momento, contudo, defendeu o único candidato que o PT terá à sucessão de Temer em nenhum dos cinco processos aos quais responde em três varas criminais federais. E deu o mote no palanque: “foi dona Marisa quem pediu”. Descanse em paz!

(Comentário no Pauta do Dia da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quinta-feira 23 de fevereiro de 2017, às 18h05m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

7

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.