Proer pra telegangue
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Proer pra telegangue

Será um escândalo se governo usar dinheiro publico para salvar Oi da falência anunciada

José Nêumanne

26 de outubro de 2017 | 17h52

Impaciência do governo com Oi não justifica usar dinheiro público para salvá-la Foto: Felipe Ray/Estadão

É compreensível que o governo federal tenha perdido a paciência com a Oi, que deve R$ 65 bilhões à praça, R$ 20 bilhões a bancos públicos e R$ 15 bilhões só de multas à Anatel. E que queira intervir na empresa, pois esta é concessionária de um serviço fundamental no Brasil. É preciso, contudo, estar atento para evitar que as autoridades deem o presente que acionistas e credores privados tanto almejam: o uso de dinheiro público para salvar a companhia que já foi chamada de Telegangue e Tele Verde-Amarela. Ou vende ou intervém e entrega a gestão a alguém do porte de Pedro Parente, que Temer pôs para consertar a Petrobrás, e com sucesso. Este foi um dos temas tratados no programa Estadão às 5, apresentado no estúdio da TV Estadão no meio da redação do jornal por Emanuel Bomfim, com comentários meus, na quinta-feira 26 de outubro de 2017, às 17 horas, como indica o título. E retransmitido por Youtube, Twitter, Periscope Estadão e Facebool.

Para ver clique aqui

 

Tendências: