Prisão e demissão para general golpista

Pegou muito mal entre os comandantes dos poderes republicanos que defendem a democrazcia a ameaça do ministro da Defesa ao presidente da Câmara, que configura crimes

José Nêumanne

23 de julho de 2021 | 16h56

Presidente e seu mini.stro da Defesa estão afinados na pregação do retrocesso ao voto impresso e na tentativa de usar o fracasso da tese como motivo para golpe antidemocrático em 2022. Foto: Gabriela Biló/Estadão

As principais autoridades do Judiciário, do Legislativo e do Executivo reagiram duramente às revelações do furo de Andreza Matais e Vera Rosa do Estadão, segundo o qual o ministro da Defesa,general Walter Braga Netto, condicionou a realização das eleições gerais de 2022 à aprovação pela Câmara do voto impresso. O recado foi dado por um interlocutor do ministro ao presidente da Câmara, Arthur Lira. Manifestações em defesa da democracia e das instituições somaram-se a uma série de convocações para que o chefe das Forças Armadas preste esclarecimentos sobre as denúncias. O mínimo que se podia esperar de um presidente disposto a recuperar o poder e a força na democracia seria a demissão do ministro golpista. A rigor, também seria recomendável prendê-lo por indisciplina e traição à pátria dita amada

Assuntos para comentário na sexta-feira 23 de julho de 2021

1 – Autoridades reagem à ameaça de Braga Netto contra eleições – Esta é a manchete de primeira página da edição impressa do Estadão deste 23 de julho de 2021.  Qual será o efeito prático dessas reações contra a eventualidade de um eventual autogolpe militar, a seu ver

2 – Os espamos de um governo fraco – Este é o título do principal editorial chamado na manchete da capa do Portal do Estadão que circula no momento. O que você destaca de seu texto e dos artigos de Fernando Gabeira e Eliane Cantanhêde sobre os arreganhos ditatoriais do general Walter Braga Netto

3 – Partidos se mobilizam pelo fim do voto impresso – Este é o título de uma chamada no alto de primeira página do jornal desta sexta-feira. Qual seria, na sua opinião, o sentido desse retrocesso absurdo no processo de votação contra o qual não há nenhuma evidência de fraude

4 – Joice Hasselman relata hematomas e fraturas e aciona polícia legislativa – Este é o título de uma chamada na capa do portal do Estadão que está circulando. Que razões você encontra para as autoridades da Polícia Federal, do Ministério da Justiça e da Procuradoria-Geral da República não agirem diante da evidente relevância desse possível atentado

5 – Quais as prioridades que você espera para o começo da atividade do senador Ciro Nogueira como quarto chefe da Casa Civil nos dois anos e meio de mandato do presidente Jair Bolsonaro

6 – Roberto Romano 1946-2021 – Especialista em ética e relações de Estado – Este é o título da chamada de primeira página do jornal de hoje a respeito da morte do filósofo, professor universitário e freqüente autor de artigos na Editoria de Opinião da casa. O que você tem a dizer a respeito desse infausto acontecimento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.