Pressão de Lira racha STF

Arthur Lira pressiona pessoalmente os ministros do STF para tentar derrotar a liminar justa da ministra Rosa Weber, que exige transparência nas bilionárias emendas do relator do orçamento secreto

José Nêumanne

09 de novembro de 2021 | 00h09

Decisão da ministra Rosa Weber de exigir que emendas de relator não sejam secretas é justa e correta, mas divide o plenário do STF depois daa pressão pessoal do presidente da Câmara, Artyhur Lira. Fopto: Gabriela Biló/Estadão

Segundo reportagem de Vinicius Valfré, do Estadão, a decisão da ministra Rosa Weber de suspender temporariamente os repasses feitos pelo governo Jair Bolsonaro a parlamentares da base aliada por meio do orçamento secreto tende a gerar um racha entre os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Um julgamento no plenário virtual vai revisar a ordem liminar na próxima terça-feira, 9. A decisão da ministra Rosa Weber restaura o primado da transparência e do acesso do cidadão às decisões a respeito do orçamento, soma de recursos obtidos do pagamento de impostos por cidadãos. É de esperar que pelo menos uma maioria simples a confirme. A menos que o Supremo se associe ao acordão dos grupos que controlam o desgoverno federal e o Congresso

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário na segunda-feira 8 de novembro de 2021

1 – Decisão de suspender pagamentos do “orçamento secreto” divide colegiado do STF – Este é o título de uma chamada de capa do noticiário no portal do Estadão que circula neste 8 de novembro de 2021. O que você tem a comentar sobre essa notícia

2 – Situação fiscal e crise fazem investidor externo sair do País – Esta é a manchete da primeira página da edição impressa do jornal de ontem. Por que isso acontece e quais seriam, a seu ver, as consequências dessa fuga de investimentos externos na reonstrução da economia no ano que vem

3 – Marinha se posiciona contra fazer do “Almirante Negro” um “herói do povo” – Este é o título de uma notícia na primeira página do portal do Estadão que circula nesta segunda-feira. O que impressiona nesta tentativa de uma Força Armada em plena vigência da democracia interferir numa atitude política civil de um herói consagrado como João Cândido, que chegou a ser homenageado numa canção de João Bosco e Aldir Blanc que fez muito sucesso na voz de Elis Regina

4 – Marcello Brito fala da fome no Brasil – Este é o título do vídeo da série Nêumanne entrevista no blog do Nêumanne no portal do jornal que circula agora. O presidente da Associação Brasileira do Agronegócio também foi entrevistado na edição impressa do jornal de ontem. O que você destacaria nessas entrevistas

5 – Artistas e multidão de fãs dão adeus a Marília Mendonça em Goiânia

– Este é o título de uma chamada no alto da primeira página do Estadão de ontem. O que você tem a dizer sobre a tragédia que sacudiu o Brasil no último fim de semana com a queda do avião em que a mais importante artista do chamada seminejo viajava para um show em Caratinga, Minas Gerais

6 – ABL premia obra de Ruy Castro – Este é o título do post publicado no Blog do Nêumanne no portal do Estadão da série Dois Dedos de Prosa da semana. O que você destaca da conversa com o biógrafo de Garrincha e Cármen Miranda, que acaba de ganhar o prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras pelo conjunto da obra

 

 

 

 

 

 

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.