Prefeito em licença, parques ao léu

Prefeito merece aplausos por ter informado ao povo paulistano que tirou licença para se tratar, e vice que assume o cargo terá de cumprir o dever de proteger o cidadão ao usufruir os parques da cidade

José Nêumanne

03 de maio de 2021 | 20h33

No cargo de Covas, licenciado por um mês para tratar câncer, vice Nunes precisará adotar providências urgentes para evitar desmazelo de parques à disposição de malfeitores e propícios ao contágio do vírus. Foto: Reprodução Instagram Ricardo Nunes

Para dar sequência à quimioterapia e à imunoterapia, o prefeito Bruno Covas foi internado no domingo, 2 de maio, e comunicou ao povo paulistano, como tem feito na sua luta contra o câncer, atitude decente e corajosa. No mês em que governará o maior município do país, seu vice terá de tomar providências urgentes para acabar com o desmazelo no que diz respeito à fiscalização da pandemia e da segurança dos munícipes nos parques da capital paulista. O domingo de sol e a temperatura agradável foram uma forte concorrência para os apelos feitos por médicos e especialistas: fique em casa, use máscara e evite aglomerações. Sem fiscais, nem sequer para medir a temperatura à entrada para reduzir o contágio da covid, a situação representa risco para frequentadores, por facilitar o acesso de infectados e malfeitores.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para comentário da segunda-feira 3 de maio de 2021-05-03

1 –  Haisem – Com câncer, Covas se afasta da Prefeitura – Este é o título de chamada no alto da primeira página da edição impressa do Estadão desta segunda-feira. Que conseqüências para a cidade de São Paulo pode trazer a substituição do prefeito a um ano e quatro meses de sua segunda posse no cargo

2 – Carolina – Covid é passado para brasileiros no exterior – Este é outro título de chamada de primeira página do jornal de hoje. A que conclusão você chega após a leitura desta notícia de destaque do dia sobre o desempenho dos gestores públicos brasileiros nesta pandemia

3 – Haisem – Militares da ativa soltam 3 mil e 400 tuítes políticos – Este é mais um título de chamada de primeira página no Estadão que está circulando. A que conclusão você chega diante dessa notícia

4 – Carolina – Que novidades o depoimento de Monique Medeiros trouxe para o inquérito da polícia civil e do Ministério Público do Rio ao confessar que ela e o namorado, o vereador Jairo Júnior, montaram uma versão fantasiosa das circunstâncias da morte do seu filho Henry Borel, de 4 anos

5 – Haisem – O Brasil profundo, segundo José de Souza Martins – Este é o título do vídeo desta semana da série Nêumanne Entrevista, publicado no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão. O que você destaca no depoimento do professor da USP a respeito da História e do Brasil contemporâneo

6 – Carolina – Gerson: ditadura não pressionou seleção – Quem é o protagonista da série semanal Dois dedos de prosa que você acabou de publicar e que revelações foram feitas por ele na conversa com você no vídeo publicado no Portal do Estadão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.