Prédio desaba em terra de milícia

Puxadinho vertical de moradia em Rio das Pedras, controlada pelo capitão Adriano, "herói" de Jair e Flávio Bolsonaro, desabou na madrugada, matando jovem mãe e sua filha bebê

José Nêumanne

04 de junho de 2021 | 20h13

Prédio de quatro andares, que subiu por puxadinhos e no qual morava uma família, em Rio das Pedras, controlada pela milícia chefiada pelo capitão Adriano, desabou na madrugada, matando 2 pessoas. Foto: Ricardo Moraes/Reuters

1 – Prédio de quatro andares desabou em #riodaspedras, comunidade da #zonaoeste do #rio onde a #milicia, cujo chefão era o #adrianodanobrega, que #jairbolsonaro e seu primogênito, #flavio, tatavam como herói, com pelo menos uma criança morta nos escombros. 2 – Em #pronunciamento transmitido em #cadeiaderadioetv, o #presidentedarepublica comemorou a entrega de #100milhoes de doses de #vacina pelo #ministeriodasaude a #estados e #municípios, mas #28,6milhoes, conforme o #estadaoverifica, e criticou o #isolamentosocial. 3 – Perdeu a oportunidade de pedir desculpas pelas cenas deploráveis exbiidas por #randolferodrigues durante depoimento na #cpidacovid da médica #luanaaraujo nas quais desprezou e ironizou a #imunizacao. Ao autorizar o #mpf a investigar o #ministrodomeioambiente #ricardosalles por corrupção, a ministra do #stf #carmenlucia transferiu o desgaste do suspeito para seu superior hierárquico. #joseneumannepinto. #diretoaoassunto. Inté. E só a verdade salvará as nossas vidas.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.