Pra que nova lei contra abuso?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pra que nova lei contra abuso?

A mesma lei contra abuso de autoridade, usada contra as dez medidas contra corrupção desvirtuadas no Congresso, está sendo usada como chantagem para enfraquecer pacote anticrime defendido por Moro

José Nêumanne

01 de março de 2019 | 12h50

Nova lei de abuso de autoridade é usada para derrotar pacote anticrime, que Moro acaba de encaminhar para o Congresso. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Quando procuradores da Operação Lava Jato foram ao Congresso lutar pelo enrijecimento da legislação penal, parlamentares lhe deram passa-moleque em sessão na calada da noite para ludibriar a óbvia mobilização popular e modificaram da água para o vinho as “dez propostas”. Agora, o ex-juiz Sérgio Moro, ministro da Justiça, mandou para o plenário modificado da instituição um pacote dito anticrime, já depenado de uma norma penal da maior importância, qual seja a criminalização do caixa 2, o movimento de enfrentamento do projeto volta a agir disfarçando a chantagem e assumindo o endurecimento da lei, que já existe para punir abusos de agentes do Estado na busca e caça de criminosos. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do jornal desde 6 horas da sexta-feira 1 de março de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player