Povo exige respeito

Povo exige respeito

Senadores que tentam negociar seu voto no impeachment serão cobrados por essa atitude irresponsável

José Nêumanne

13 de junho de 2016 | 18h25

Romário, o craque na marca do pênalti

Romário, o craque na marca do pênalti

Por incrível que pareça, em plena crise, com 1 milhão e 200 mil trabalhadores desempregados e centenas de milhares de empresários perdendo suas empresas, ainda há senadores negociando uma eventual volta da causadora desse caos infernal em que o Brasil se tornou em troca de alguma vantagem, não importa qual. O clima atualmente é de “tô nem aí” e já está ficando pior, passando a ser “dane-se o povo!” Chegou a hora de nossos representantes perceberem que o povo exige ser encarado de frente, e não que lhe virem as costas. É preciso que os verdadeiros representantes inibam os falsos.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 12 de junho de 2016, às 7h10m)

Para ouvir clique no link abaixo e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play abaixo do anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.