Por uma montanha de dólares
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por uma montanha de dólares

Pode alguém que pagou R$ 3,39 bilhões em propinas se considerar "bobo da corte" ou "otário"?

José Nêumanne

07 Março 2017 | 17h38

 

O ex-executivo da Odebrecht Hilberto Mascarenhas afirmou em depoimento ao ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin que o Departamento de Obras Estruturadas da empreiteira, conhecido como “departamento da propina”, desembolsou cerca de U$ 3,39 bilhões em caixa 2 entre 2006 e 2014. É dinheiro demais e toda essa bufunfa escorreu pelo ralo, esgoto abaixo, até a fossa, levando parte considerável do esforço coletivo da produção da economia brasileira. Não é à toa que chegamos à situação noticiada hoje com nosso PIB tendo encolhido 7,4% nos dois últimos anos. E mais ainda quando sabemos que o desempenho das economias no restante do planeta é muito melhor.

(Comentário no Pauta do Dia da Rádio Estadão – FM 92.9 – na terça-feira 7 de março de 2017, às 18h05m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul