As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por que não renuncia, cara?

Presidente diz que País está quebrado por causa da pandemia, que é potencializada pela imprensa na semana em que as mortes diárias têm ultrapassado mil, numa prova de absurda falta de noção

José Nêumanne

06 de janeiro de 2021 | 22h41

Bolsonaro disse que não pode fazer nada para evitar a falência do País e citou o exemplo de uma mudança do Imposto de Renda que não pôde concluir, que senso de medida, hein? Foto: Dida Sampaio/Estadão

Em seu primeiro dia de trabalho em 2021, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil está ”quebrado”. Para apoiadores, ele disse que não “consegue fazer nada” e citou como exemplo as mudanças na tabela do Imposto de Renda. “O Brasil está quebrado, chefe. Eu não consigo fazer nada. Eu queria mexer na tabela do Imposto de Renda, tá, teve esse vírus, potencializado pela mídia que nós temos, essa mídia sem caráter “, respondea a um apoiador na saída do Palácio da Alvorada, sua residência oficial. O presidente colocou a culpa na pandemia de Covid-19 e na imprensa, que, segundo ele, teria “potencializado” o coronavírus. Só que a doença já matou mais de 196 mil pessoas no Brasil. Aumento de, no mínimo, 13% das mortes no ano e maior causa mortis disparada. Por que, então, não renuncia, cara?

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para comentário na quarta-feira 6 de janeiro de 2021

1 – Bolsonaro diz que País está quebrado e culpa covid – Esse é o título de chamada no alto da primeira página na edição impressa do Estadão de hoje. Que conseqüências pode trazer uma declaração como essa para a economia, para a qual os presságios já são negativos o suficiente para preocuparem muito o cidadão brasileiro

2 – Bolsonaro e Mourão são a quintessência da maldade – Esse é o título de seu artigo na página de opinião, a A2, do jornal de hoje. O que o levou a chegar a uma conclusão tão drástica sobre o presidente da República e seu vice, ou seja, substituto eventual previsto na Constituição

3 – Alta de casos leva à reabertura dos hospitais de campanha – Diz a manchete de primeira página do Estadão de hoje. Por que chegamos a mais esse paroxismo da pandemia num momento em que o brasileiro já se mostra exausto das medidas preventivas do contágio da covid 19

4 – Investimentos estrangeiros retornam à Bolsa – Esse é o título de uma chamada de primeira página do jornal. A que conclusão você chega diante de uma notícia alvissareira como essa num dia particularmente trágico do avanço do novo coronavírus e na hora em que a maior autoridade da República dispara a conclusão funesta da falência do País

5 – MP-RJ reage a comentários de Bolsonaro e pede que faça denúncia – Esse é o título de reportagem publicada na página A-9 da Editoria Política do Estadão de hoje. O que motivou a nota oficial do Ministério Público do Rio a respeito de denúncia grave feita pelo presidente da República atingindo a família de um membro do referido órgão público

6 – Trump dá cartada final para tentar reverter derrota – Qual é sua reação a essa resiliência desesperada e antidemocrática do presidente dos Estados Unidos contra a realidade dos fatos da eleição da própria sucessão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.