Política, a terceira face de Moro

Política, a terceira face de Moro

Obcecados por vingança e em tentar desconstruir Moro na sessão da CCJ, acusados, denunciados e processados no Senado deram ao ministro excelente chance de se mostrar competitivo no ofício deles

José Nêumanne

20 de junho de 2019 | 11h07

Senadores assustados com competência de Moro para incomodá-los  viram na própria CCJ que no futuro como político ex-juiz e ministro tem tudo para competir com eles. Foto:Gabriela Biló/Estadão

Ajudado, de forma inusitada, pelas bancadas governistas na CCJ do Senado e numa sessão presidida com calma e rigor por Simone Tebet, o ministro da Justiça deu, de graça, para seus futuros contendores na liça política um exemplo de como poderá se tornar relevante nela. Obcecados pela vingança e pelo temor, acusados, processados e suspeitos do Senado deveriam ter aprendido que a popularidade do ex-juiz Moro poderá vir a comprometer nas próximas eleições majoritárias os sonhos deles de manterem por mais oito anos seu foro privilegiado.

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 19 de junho de 2019, às 19 horas, clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.