Podridão no ar

Dificuldade de impor tabelamento ilegal de frete mostra que governo Temer morreu, mas não foi ao próprio enterro

José Nêumanne

13 de junho de 2018 | 12h02

Governo só não sente cheiro do próprio cadáver porque está morto

(Comentário no Jornal da Gazeta 1 terça-feira 12 de junho de 2018)

Para ver clique aqui

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.