PEC dos Precatórios, superjaboti do calote

Além de decretar perdão infinito de dívidas do governo com cidadãos, o projeto X tudo de Lira transfere recursos públicos para emendas particulares de parlamentares e pratica outras infâmias

José Nêumanne

03 de novembro de 2021 | 18h38

Lira usa de todos os instrumentos de pressão para forçar deputados a aprovarem a PEC dos Precatórios que atende a interesses do governo Bolsonaro, a que serve, e dos comandados da Câmara, que usa. Foto: Cleia Viana/Câmara

A PEC dos Precatórios foi enviada ao Congresso para limitar o pagamento de dívidas judiciais, isto é, um calote infinito no cidadão credor, como definiu Maílson da Nóbrega no Nêumanne entrevista no blog do Nêumanne, e financiar o Auxílio Brasil, inicialmente de R$ 300 por mês. Mas depois acabou sendo modificada para incluir a mudança na fórmula de cálculo do teto de gastos, regra que limita o crescimento das despesas do governo, o que abriria espaço para gastos bem maiores. Assim, sua aprovação na Câmara ficou longe de ser consensual. Enquanto o governo e o Congresso dançam o minueto da safadeza, cada um querendo garantir sua parte nos bilhões da poupança geral, 5 milhões e 300 mil famílias passam fome com o fim da Bolsa Família. Esse cenário é um dos mais repugnantes na asquerosa República brasileira,

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário da quarta-feira 3 de novembro de 2021

1 – Haisem – “Plano B” de extensão de auxílio ganha força entre os deputados – Esta é a manchete de primeira página da edição impressa do Estadão de 3 de novembro de 2021. Como sobreviverão as 5 milhões e 300 mil famílias na extrema pobreza sem uma definição clara dos Poderes Executivo e Legislativo sobre a substituição da extinta Bolsa Família

2 – Carolina – Brasil segue os Estados Unidos e promete corte na emissão de gás metano – Este é o título de uma chamada no alto da primeira página do Estadão desta quarta-feira. Esse recuo, pelo menos até agora sem aplicação prática, do governo federal na direção da economia do carbono zero bastará para reconquistar a supremacia perdida pelo País na questão ambiental

3 – Haisem – Em derrota para Dória, PSDB exclui 92 filiados de São Paulo em votação de prévias – Este é o título de uma chamada de primeira página do Estadão de hoje. Quais serão as consequências dessa decisão nas eleições gerais de 2022

4 – Carolina – MDB lançará candidatura de Simone Tebet ao Planalto este mês – Este é o título de notícia publicada na página A9 da Editoria de Política do jornal do dia. Que efeito terá essa providência na possibilidade de sucesso da chamada terceira via no pleito de outubro

5 – Haisem – Em última agenda na Itália, Bolsonaro encontra Salvini e homenageia “pracinhas” em Pistoia – Este é o título da notícia sobre o último compromisso na viagem do presidente à Europa, que teve como pretexto a participação na reunião do G20 no feriado prolongado em Roma

6 – Carolina – Despedida de Nelson Freire tem flauta e violino no Theatro Municipal do Rio – O que a morte inesperada do grande pianista brasileiro revelou sobre a cultura oficial do País neste momento ainda dominado pelas consequências da pandemia da covid 19

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.