As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Paz e vacina em 2021

Foto antológica de Evandro Teixeira, cujo acervo está no Instituto Moreira Salles, foi distorcida em redes sociais pelo primo favorito do filho 002 de Bolsonaro, Léo Índio, que está sendo processado

José Nêumanne

01 de janeiro de 2021 | 22h17

Esta é a foto antológica do repórter fotográfico Evandro Teixeira, cujo acervo está no Instituto Moreira Salles, de 1968, ora editada por Léo Índio.

Em gratidão aos inscritos neste canal, em especial os que me ajudaram a travar a batalha pela verdade no combate retórico, minha mulher e editora, Isabel, meus filhos Vladimir, Clarice, Cecília e Artur, meus cinco netos, desejo a todos a realização do sonho da vacina e da conquista da paz no novo ano. Solidarizo-me nesta ocasião festiva com meu amigo Evandro Teixeira, fotógrafo fantástico, que teve um flagrante antológico da violência na ditadura militar usado para promover a maldade de Bolsonaro pelas mãos do primo favorito de seu filho 02 nas redes sociais. E com o ministro do TCU Benjamin Zymler, que registrou a inépcia maldosa dessa fétida gestão federal, no momento em que mais um fâmulo do capitão é por ele indicado para essa instituição. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

 

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.