Patrick do Céu, conto de Natal real

Patrick do Céu, conto de Natal real

Às vésperas do Natal, o carioca desempregado Patrick do Céu, de 20 anos, tornou-se herói ao enfrentar pitnull que atacou criança numa rua do subúrbio carioca de Parque Anchieta

José Nêumanne

25 de dezembro de 2019 | 21h24

Patrick do Céu virou herói do Natal ao salvar a vida do garoto João Paulo atacado por um pitbull na Zona Norte do Rio. Foto:Reprodução

Patrick do Céu, brasileiro, desempregado, 20 anos, 1 filha, salvou a vida do menino João Paulo no Parque Anchieta, na Zona Norte do Rio, enfrentando medo, impotência e o pitbull que mordia a garganta dele. Foi um gesto heroico, cujo simbolismo saído da vida real no subúrbio de uma cidade violenta num país em crise, revela a coragem e a bondade de um homem comum, cujo exemplo cito como força de nossa esperança para a luta diária contra os vilões de nossa vida pública. Como o presidente do STF, Dias Toffoli, que usou jato da FAB para comparecer a uma homenagem ao próprio pai numa cidade do interior do Paraná e fugir do convívio com o povo, que lhe paga o salário, num avião de carreira. Ou Gilmar Mendes, no seu afã de libertar bandidos processados pela Lava Jato, cuja força-tarefa ele trata como inimiga, e de seus advogados, apesar das evidências em contrário. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique no aqui

 

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.