As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os maduristas do Brasil

Maduristas brasileiros, ex-chanceler Celso Amorim e ex-senadores Requião e Cristóvão Buarque são cúmplices do regime chavista no impedimento da entrada de remédios e alimentos para povo venezuelano

José Nêumanne

24 de fevereiro de 2019 | 21h02

Manifestantes constroem barricada durante confronto com a Guarda Nacional Bolivariana durante tentativa de introduzir ajuda humanitária na Venezuela Foto: Rodrigo Abd/ AP

 

Enquanto o tirano Maduro mata índios e pobres na fronteira, incendeia caminhões com remédios e alimentos doados ao povo que massacra, seus devotos no Brasil espalham as mentiras que ele usa em seus delírios de autocrata. O ex-chanceler de Lula e Dilma, Celso Amorim, de seu posto em Genebra, onde serve de estafeta das calúnias de Lula contra o Brasil, sustentado por nós, vítimas dos desgovernos petistas aos quais serviu, sabota os esforços do governo, que já o devia ter trazido de volta para Brasília. Se gostar deste vídeo, por favor, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho para ser avisado quando publicar os próximos e compartilhe-o em Facebook e Twitter. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: