Burros n’água
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Burros n’água

Cinco meses depois, intervenção militar na segurança do Rio, planejada para tornar imbatível candidatura de Temer à reeleição e usada para mascarar derrota da reforma da Previdência no Congresso, deu com os burros n'água

José Nêumanne

18 de julho de 2018 | 12h37

General Braga Neto , comandante do Sudeste, assumiu missão impossível e, obviamente, não conseguiu sucesso nela. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Com cinco meses de atividade, a intervenção militar do governo federal na segurança do Rio reduziu roubos de cargas e automóveis, mas aumentou muito o número de mortos em confrontos entre policiais e criminosos e não conseguiu identificar mandantes e executantes da vereadora Marielle Franco e Anderson Gomes. A euforia de início, demonstrada na célebre entrevista do marqueteiro do presidente Temer, Elsinho Mouco, ao colega Bernardo Mello Franco do Globo, confessando que a decisão governamental, que só serviu para dar ao governo pretexto para não ver derrotada no Congresso a reforma da Previdência, tinha o objetivo de consagrar o chefe do governo como candidato favorito à sucessão, o que não deu em nada.

(Comentário no Jornal Eldorado na Rádio Eldorado – FM 107,3 – na quarta-feira 18 de julho de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir O que será, com Milton Nascimento e Chico Buarque, clique aqui

 

Abaixo, os assuntos para comentário de quarta-feira 18 de julho de 2018

 

SONORA O que será, com Milton Nascimento e Chico Buarque

https://www.youtube.com/watch?v=yIERqgKooiU

 

1 – No quinto mês de aniversário da intervenção militar na segurança do Rio, planejada segundo o marqueteiro do presidente Temer, Elsinho Mouco, para transformá-lo na bomba de efeito retardado da eleição presidencial, ainda é possível imaginar que seus resultados melhorem a imagem dos planejadores e realizadores dessa aparente hecatombe?

 

2 – No vídeo gravado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, à espera do cumprimento da decisão de se entregar à Policia Federal para ser levado preso para Curitiba, Lula se disse o brasileiro mais indignado do País. Agora, 100 dias depois, ainda isolado na sala de estado-maior da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, essa declaração política ainda pode causar o efeito eleitoral esperado por ele e pelo PT?

 

3 – Você concorda com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, que afirmou que o aumento do índice de mortalidade infantil depois de décadas de redução, é uma vergonha nacional e pode ter a culpa do acontecimento atribuída ao Estado brasileiro?

 

4 – As testemunhas ouvidas pelo delegado federal responsável pelo inquérito, Cleyber Malta Lopes, sobre as suspeitas de que o presidente Temer auferiu vantagem pessoal com o decreto que assinou, assim que assumiu o posto, prolongando às calendas gregas o prazo das concessões no porto de Santos?

 

5 – Que diferenças relevantes você é capaz de descrever entre as viagens recentes do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, à Grã Bretanha, Escócia e Finlândia e o passeio que o brasileiro Michel Temer está fazendo agora mesmo para Cabo Verde?

SONORA_TEMER 1807

 

6 – Que comentário você tem a fazer a respeito da conclusão do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, de que o falso noticiário da imprensa induziu Ministério Público e juiz ao erro de proibir que ele continue usando o cargo para obter benefício próprio ou para seus parceiros de fé religiosa?

 

7 – Que utilidade poderá ter para as vítimas da ditadura de Daniel Ortega na Nicarágua a denúncia feita pela ONU sobre o possível uso da lei antiterror para reprimir de forma antidemocrática os protestos naquele país centro-americano, justamente neste momento em que o governo empreende um ataque à cidade de Masaya para reprimir o movimento no bairro indígena de Monimbó?

 

8 –  O que o craque Zico revelou de interessante no balanço que ele fez sobre a Copa da Rússia em entrevista que você editou ontem no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão?

 

 

Tendências: