Orçamento secreto para burlar a lei

Apelidado de "tratoraço", esquema do Orçamento secreto para burlar a LDO em pelo menos três pontos, é prática de corrupção do começo ao fim e pode levar ao impeachment, como as pedaladas de Dilma

José Nêumanne

10 de maio de 2021 | 20h22

Pelo esquema bolado pelos deputados e senadores do Centrão, beneficiados, e topado pelo presidente, Ministério entregpu máquinas pesadas no Amapá, em 2020; itens são destinados a redutos por indicação dos parlamentares Foto: Divulgação/MDR

O esquema de um orçamento secreto montado pelo presidente Jair Bolsonaro para garantir apoio do Centrão no Congress atropela a Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) e as promessas feitas por ele na campanha e já no exercício do mandato. Na liberação sigilosa sw R$ 3 bilhões para serviços de obras e compras de tratores e máquinas agrícolas indicados por um grupo escolhido a dedo de deputados e senadores no fim do ano passado, o governo atropelou ao menos três exigências da legislação. O esquema do presidente  também expandiu e turbinou a Codevasf, estatal loteada pelo Centrão que vai aplicar cerca de um terço desses recursos por imposição dos políticos que a controlam.   Falar em nova política e em combate à corrupção no desgoverno do capetão sem noção é uma mentira cínica e deslavada.

Assuntos para comentário da segunda-feira 10 de maio de 2021

1 – Haisem – Com Bolsonaro, Codevasf incha e vira estatal do Centrão – Esta é a manchete de primeira página do Estadão desta segunda-feira. Qual é a conseqüência prática dessa notícia no Brasil real longe das fantasias da Corte, em Brasília

2 – Carolina – Crise causada pela covid desorganiza economia – Este é o título do alto da primeira página do jornal de hoje.Quem paga a conta pesada da má gestão da permanência da crise sanitária no dia a dia das contas do País

3 – Haisem – Jacarezinho: um terço de mortos não tem processo – Este é o título de outra chamada de primeira página do Estadão que está circulando. A que conclusões você chega a respeito do massacre da polícia civil do Rio na comunidade pobre do Rio de Janeiro na semana passada

4 – Carolina – Fiocruz produz apenas uma em cada seis doses e meia – Este é o título de mais uma chamada de primeira página do jornal. Quais são os motivos dessa quebra de expectativa pela frustração em torno da produção da vacina em que o governo Bolsonaro apostou nossas fichas

5 – Haisem – Pinato: Bolsonaro perderá e tentará dar golpe – Este é o título da edição desta semana de sua série Nêumanne Entrevista no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão. Em que se baseia o líder do bloco Brasil-China da Câmara dos Deputados para fazer essa previsão

6 – Carolina – Poesia de e por Fernando Coelho e Nêumanne – Este é o título do vídeo da série Dois Dedos de Prosa editado no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão.  De que se trata, especificamente

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.