Ódio no hospital
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ódio no hospital

Xingamentos contra Temer e Marisa à frente do hospital agridem respeito à morte

José Nêumanne

03 de fevereiro de 2017 | 10h52

Lula dá pêsames à Lula no hospital Foto Beto Barata?Presidência

Lula dá pêsames à Lula no hospital Foto Beto Barata/Presidência

A sexta-feira começou com a ferocidade surrealista, bárbara e selvagem registrada no noticiário e nas redes sociais com o registro da viagem de Temer, que se recusou a ir a Manaus, Boa Vista e Natal acompanhar a crise penitenciária com as chacinas dos presídios, mas visitou, acompanhado por um séquito, o ex-presidente Lula que acompanhava a agonia e morte cerebral de sua mulher, Marisa, no Hospital Sírio Libanês, diante do qual um público furioso, à porta. O presidente foi recebido por gritos de assassino, golpista e bandido. De fato, Temer foi sócio do dos 13 anos, 5 meses e 12 dias de desgoverno e roubalheira desenfreada do PT e do PMDB, mas o Brasil precisa sair do atoleiro da crise.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na sexta-feira 3 de fevereiro de 2017, às 7h10)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.