O quinto dos infernos

O quinto dos infernos

Lava Jato revela sujeira de políticos do governo e da oposição e de fiscais parados a propina

José Nêumanne

03 de abril de 2017 | 09h24

Todos amigos na posse de Garotinho com Benedita, Brizola e Cabral Foto André Durão/AE

Todos amigos na posse de Garotinho com vice Benedita, ex-Brizola e futuro ex Cabral Foto André Durão/AE

O senador José Serra (PSDB-SP) poderia ter sido investigado em 2008, quando o Ministério Público da Suíça informou às autoridades brasileiras que havia indícios de que a multinacional francesa Alstom havia pago propina a funcionários do governo do Estado de São Paulo para obter contratos nas áreas de energia e transporte. E aí aconteceu o quê? O procurador Rodrigo de Grandis, que investigava o propinoduto da Alston no Brasil, engavetou o pedido da Suiça numa pasta errada!!! A manada de elefantes passou e ninguém viu. Pois é, por isso que estamos nesse escândalo sem fim!!!! Restam os 13.5 milhões de desempregados. E o federal Protógenes Queiroz, condenado, ainda a salvo na Suíça…

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na segunda-feira 3 de abril de 2017, às 7h30m)

Para ouvir clique no link abaixo e, em seguida, no ícone do play

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.