O quindim da burguesia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O quindim da burguesia

No indiciamento de Palocci, o Italiano, Lula é citado na planilha da propina como "amigo de meu pai"

José Nêumanne

24 Outubro 2016 | 18h54

Palocci, indicado como Italiano pela PF

Palocci, apontado como Italiano pela PF Foto Pedro Kirilos O Globo

Antônio Palocci, o quindim da burguesia, foi identificado pela PF como o Italiano, que administrava os interesses de seu PT e os próprios no departamento secreto de propinas da Odebrecht. Por isso, foi indiciado pelos delegados federais pelo crime de corrupção passiva, nas luxuosas, mas pouco acreditadas, companhias de Marcelo Odebrecht, João Santana, Mônica Moura e de seus paus-pra-toda obra Juscelino Dourado e Bronislav Kontic. Na página 34 do relatório de indiciamento dos delegados Márcio Adriano Anselmo e Felipe Pace, o (para Marcelo) “amigo do meu pai” ou “amigo do EO”, iniciais de Emílio Odebrecht, é, com “respaldo probatório”, segundo os federais, Lula.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 24 de outubro de 2016, às 17h30m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul