O PT no planeta vermelho
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O PT no planeta vermelho

Ao chamar Bolsonaro de "fascista", ditador venezuelano Maduro descreveu o que vê no próprio espelho em discurso que soa como música para PT de Lula, na posse representado por Gleisi

José Nêumanne

11 Janeiro 2019 | 12h57

Na posse de mais um mandato de 6 anos na Venezuela, Maduro chama Bolsonaro de “fascista”, para gáudio de Gleisi, do PT. Foto: Miguel Gutiérrez/EFE

A pretexto de corrigir a “grosseria” cometida pelo governo brasileiro de “desconvidar” o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, para a posse de Bolsonaro, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, foi a Caracas prestigiar a posse do bolivariano em mais um mandato de seis anos. Na ocasião, ouviu impropérios do réprobo a respeito do “fascista” que nos governa. Por incrível que possa parecer, esse insulto, não ao chefe do governo, mas a 57 milhões e mais de 700 mil brasileiros que o sufragaram em eleição direta, limpa e democrática, soou como música sacra aos ouvidos da dirigente partidária, que não faz oposição, mas “resistência”. Ou seja, o PT e a parte da esquerda que o segue vivem em Marte.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário de sexta-feira 11 de janeiro de 2019

 

1 – PT se isola até da esquerda para aplaudir Maduro tomando posse, boicotado pelo mundo, e discursando contra Bolsonaro, o “fascista”

SONORA_MADURO 1101 B

 

2 – Demissões e demissão de Alex Carreiro na Apex criam novo imbróglio no governo Bolsonaro

 

3 – Flávio Bolsonaro diz que não vai depor sobre Fabrício Queiroz enquanto não tiver acesso aos autos

 

4 – MEC abre sindicância para descobrir quem foi o funcionário que praticou lambança do edital dos livros didáticos de 2020

 

5 – Que razões motivam a desistência de Bolsonaro de não acabar com a TV Lula, vulgo EBC

 

6 – Governo Bolsonaro prepara indulto humanitário para presos com doenças graves

 

7 – Criminosos impõem toque de recolher e destroem lâmpadas em Fortaleza

 

8 – Trump mantém população dos EUA refém de sua obsessão pela construção do muro na fronteira com o México