O polivalente de Temer
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O polivalente de Temer

Marquezelli (PTB-SP), autor do projeto que perdoa multa dos caminhoneiros que causaram crise de abastecimento e pane seca, agora teve gabinete vasculhado pela PF no escândalo dos sindicatos no Ministério do Trabalho

José Nêumanne

06 Julho 2018 | 07h12

 

Autor de projeto que perdoa multa de caminhoneiros, Marquezelli, do PTB, é investigado pela PF. Foto: Divulgação

Nesta Copa do Mundo na Rússia, o desgoverno Temer também tem um polivalente, termo inventado por Cláudio Coutinho na Argentina em 1978, para chamar de seu. É  Nelson Marquezelli, deputado federal pelo PTB de São Paulo, que atua em pelo menos dois escândalos revelados esta semana. Primeiro, ele fez um projeto para perdoar as multas dos caminhoneiros em seu movimento que reduziu a produção industrial em 10,7% em maio e este foi incluído pelo relator Osmar Terra (MDB-PR) no relatório do inconstitucional tabelamento do frete. E está atolado até o pescoço no escândalo do registro espúrio de sindicatos no Ministério do Trabalho. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no ar no Portal do Estadão desde 6 horas de 6 de julho de 2018.

Para ouvir clique aqui