O partido e a famiglia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O partido e a famiglia

Máfia do crédito consignado tem ex-ministro duas vezes e marido de ex-ministra do PT

José Nêumanne

28 de junho de 2016 | 11h07

Paulo Ferreira, marido de ministra

Paulo Ferreira, marido de ministra

Operação Custo Brasil é o retrato fiel do modelo corrupto do PT, que age em família: Paulo Bernardo, que recebeu propina, é ex-ministro do Planejamento de Lula e de Comunicações de Dilma, além de casado com a senadora Gleisi Hoffmann, que foi chefe da Casa Civil de Dilma e atualmente é senadora da bancada do chororô, vassala da residente afastada. Paulo Ferreira, um dos receptadores da propina do sistema, é casado com Tereza Campelo, também ex-ministra desta. O secretário de gestão de Fernando Haddad na prefeitura de São Paulo também teve de deixar o cargo porque está preso. Custo Brasil mesmo.

(Comentário no Direto da Redação 3 na Rádio Estadão – FM 92,9 – na quinta-feira 23 de junho de 2016, às 18 horas)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play abaixo do anúncio em azul:

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: