O marketing da embromação
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O marketing da embromação

Temer brinca de intervenção militar, Maia disputa cadeira, Cármen some e crime manda em cadeias

José Nêumanne

19 de janeiro de 2017 | 09h30

Insegurança sai dos presídios para as ruas: ônibus queimados em Natal, RN

Insegurança sai das celas para as ruas: ônibus queimados em Natal, e PM não consegue controlar Alcaçuz

A presidente do STF e do CNJ, Cármen Lúcia, sumiu do noticiário e ninguém fala mais dos mutirões de juízes para análise dos casos dos presos. Dependem do censo carcerário, que foi simplesmente esquecido. A Justiça, grande responsável por inércia e omissão sobre o tema, voltou a se esconder atrás da pirotecnia do Executivo, que brinca de ocupação militar das cadeias. E o Congresso prefere debater a troca do presidente da Câmara,em vez de se preocupar com a vida do cidadão. Como de hábito. Ou seja, os chefões três Poderes da República se omitem, se fingem de mortos ou anunciam planos mirabolantes, que não passam de criminosas jogadas de engana trouxa de marketing politico.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quinta-feira 19 de janeiro de 2017, às 10h15m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Tendências: