O espantoso furto do PT
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O espantoso furto do PT

Petrobrás constatou que falso programa de nacionalização dos navios-sonda de Lula e Dilma custou R$ 59 bilhões aos brasileiros e isso se encaixa nas delações de Palocci detonando os ex-presidentes petistas

José Nêumanne

10 de janeiro de 2019 | 15h50

Sondas Urca e Frade, em construção no Estaleiro BrasFELS, em Angra (RJ), para sustentar PT e pagar propinas nos governos Lula e Dilma. Foto: Sete Brasil

A Petrobrás publicou estudo interno determinando a quantia de US$ 16 bilhões (R$ 59 bilhões, ao câmbio do dia), como total do rombo provocado pelo falso programa de nacionalização da fabricação de navios-sonda, empreendido nos governos petistas de Lula e Dilma. A revelação encaixa-se totalmente nas três delações premiadas de Palocci, que foi ministro da Fazenda do primeiro e chefe da Casa Civil da segunda, sabendo, portanto, do que fala. São novos elementos para confirmar a absurda roubalheira e jogar no lixo a narrativa fictícia da perseguição dele pelo establishment policial e judiciário e da falácia dela da gestora ilibada que nunca roubou e nem conta no exterior tem. O assunto não é novo, mas ainda vai provocar muitas consequências funestas para o PT e seus asseclas, que foram aliados ou até falsos oposicionistas. Se gostar deste vídeo, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho para ser informado quando publicar os próximos; e me acompanhe diariamente no meu site Estação Nêumanne (www.neumanne.com) ou no Blog do Nêumanne no Estadão (https://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/); de segunda a sexta, às 6 horas, no Estadão Notícias e, às 7h30m, no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado FM 107,3 (eldorado@estadao.com.net); e esporadicamente no Estadão às 5, aqui mesmo no YouTube. Direto ao assunto. Inté. E Deus é mais.

Para ver o vídeo no YouTube clique aqui