O crime no comando

O crime no comando

Periferia do Rio abandonada pelo Estado e ocupada por traficantes

José Nêumanne

11 de agosto de 2016 | 10h08

Viatura baleada na Boca do Pai

Viatura da Força Nacional baleada na Boca do Pai

Viatura da Força Nacional recebida à bala por traficantes da Boca do Pai na Vila do João, Complexo da Maré, resulta de erros cometidos na libertação dos escravos, feita a toque de caixa e criticada pelo abolicionista Joaquim Nabuco, e incrementada pelo populismo de Leonel Brizola, que proibiu sua policia de subir morros e reprimir o “povo pobre”. Expõe também o desleixo do Estado brasileiro, que entregou a periferia do Rio ao poder paralelo do crime organizado, e aos desgovernos petistas, que produziram a maior crise econômica da História, que impediu de “pacificar”, golpe de marketing das UPPs, aquele lugar estratégico em particular.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – da quinta-feira 11 de agosto de 2016, às 7h12m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.