As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O clã Bolsonaro e a China

Eduardo Bolsonaro inculpou Partido Comunista Chinês pela endemia da covid-19 no mundo, embaixador chinês disse que deputado tinha "vírus mental", mas presidente garantiu que incidente é página virada. Será?

José Nêumanne

20 de março de 2020 | 21h18

Bolsonaro tentou de todas as maneiras, mas não conseguiu, emplacar terceiro filho embaixador em Washington propagando sua intimidade com Trump. Foto: Instagram Eduardo Bolsonaro

Ex-favorito à embaixada do Brasil em Washington e atual presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, deputado Eduardo Bolsonaro responsabilizou nas redes sociais Partido Comunista Chinês pela endemia mundial do coronavírus. Embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, ficou furioso e exigiu desculpas. Estas não vieram e o papai já classificou o incidente é página virada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: