O avesso da utopia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O avesso da utopia

Lançado no Brasil, Nós, de Ievguêni Samiátin, soviético pioneiro da distopia, a anti-utopia

José Nêumanne

13 Março 2017 | 19h24

Ievguêni Samiátin

Ievguêni Samiátin

Acaba de ser lançado no Brasil o livro do russo Ievguêni Samiátin Nós, que fala da distopia, o contrário da utopia, estilo literário de clássicos como 1984 e A Revolução dos Bichos, de George Orwell,  Fahrenheit 451 (1953), de Ray Bradbury e A Laranja Mecânica (1962), de Anthony Burgess. Escritor, editor e dramaturgo crítico do regime soviético, Zamiátin viu sua obra ser censurada e só foi publicada em 1924, nos Estados Unidos, quando um manuscrito cruzou a cortina de ferro e foi traduzido. No futuro distante de Nós, a pequena fração da população que sobreviveu a uma guerra se submeteu ao Estado Único, uma ditadura totalitária que supre as necessidades do povo e suprime seus direitos.

(Comentário no Direto da Estante do Estadão no Ar da Rádio Estadão na segunda-feira 13 de março de 2017, às 7h56m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site Estação Nêumanne, no ícone do play