As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Noção de comércio de Bolsonaro é grotesca

Presidente insiste em ameaçar países aos quais é destinada madeira extraída de forma ilegal da Amazônia e pregou reforma da OMS, sem dar a mínima para a própria péssima gestão da pandemia aqui

José Nêumanne

18 de novembro de 2020 | 18h07

Na cúpula do Brics, Bolsonaro ameaçou Europa de denunciar lista de compradores de madeira extraída de forma ilegal na Amazônia e reivindicou reformar a OMS. Foto: Marcos Correa

O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar em reunião virtual da cúpula do Brics que revelará “nos próximos dias” a lista dos países que compram madeira ilegal da Amazônia, O presidente disse que o País sofre com “injustificáveis ataques” em relação à região amazônica e ressaltou que algumas nações que criticam o Brasil também importam madeira brasileira ilegalmente da Amazônia. “Revelaremos nos próximos dias os nomes dos países que importam essa madeira ilegal nossa através da imensidão que é a região amazônica”, declarou em sua participação no encontro do com governantes de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. “Porque daí sim estaremos mostrando que estes países, alguns deles que muitos nos criticam, em parte têm responsabilidade nessa questão”, emendou. Sua noção de comércio é grotesca.

Para ouvir comentário clique no link e, em seguida, no play:

Assuntos para comentário da quarta-feira 18 de novembro de 2020:

1 – Haisem – No Brics, Bolsonaro diz que países compram madeira ilegal do Brasil – Diz a manchete da edição impressa do Estadão de hoje. Você acha que ainda dá para se assustar com a os vexames internacionais que o presidente da República dá em eventos internacionais em plena pandemia

2 – Carolina – Flávio desviou 6 milhões de reais em ‘rachadinha’, diz MP – É título de chamada no alto da primeira página do jornal hoje. O que há de mais impressionante e relevante no noticiário sobre os crimes pelos quais o primogênito do presidente Jair Bolsonaro foi denunciado no Ministério Público do Rio de Janeiro

3 – Haisem – Apagão atinge todo o Estado do Amapá pela segunda vez – Este é o título de mais uma chamada no alto da primeira página do Estadão hoje. O que há, a seu ver, de mais assustador no descalabro de gestão que ocorre no extremo norte do Brasil

4 – Carolina – Brasil registra média móvel de 557 mortes; total passa de 166 mil – Este é título de chamada de capa do Portal do Estadão. Você se surpreende com a perspectiva cada vez mais real da segunda onda da covid-19 nesta chegada do verão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: