No ‘arraiá’ do dr. Arraes

No ‘arraiá’ do dr. Arraes

PT sacrifica candidatura de neta de Arraes ao governo de Pernambuco para reeleger Câmara, do PSB, e manter Costa no Senado em chapa composta com Jarbas, mais ferrenho inimigo de Lula no Estado. Vôte!

José Nêumanne

02 de agosto de 2018 | 07h15

Neta de Arraes, Marília lançou Sílvio Costa ao Senado pelo PT, mas nenhum dos dois será candidato. Foto: Júlio Gomes/Leiajá Imagens

Pernambuco talvez seja o melhor exemplo desta eleição na zorra que é a política nacional nos Estados. Para que o PT de Lula e o PSB de Arraes mantivessem sua histórica aliança eleitoral, a candidatura a governadora da neta do dr. Miguel, Marília, vereadora petista em Recife, foi sacrificada, permitindo que os herdeiros do patriarca do Crato, à falta do outro neto, Eduardo Campos, morto num acidente aéreo na última campanha, em 2014, mantivessem o domínio no Estado sob o preposto Paulo Câmara, que, à época, votou em Marina no primeiro turno e no tucano Aécio no segundo. Para o Senado a aliança reúne Humberto Costa, do PT, com Jarbas Vasconcelos, inimigo de Lula e do PT. Arre égua!

Para ouvir clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.