As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Nível de contágio da covid cai

Pela primeira vez desde abril o nível médio de contágio do novo coronavírus desacelerou no Brasil, caindo de mais de 1 para 0,98, mas ainda não é hora de relaxar e comemorar

José Nêumanne

20 de agosto de 2020 | 20h20

Pela primeira vez em quatro meses, Brasil apresenta desaceleração no contágio do novo coronavírus, mas especialistas advertem que distanciamento social ainda é necessário. Foto: Felipe Rau/Estadão

O nível de contágio da covid-19 no Brasil caiu de 1,1 para 0,9. Ou seja: cada grupo de 100 brasileiros, que contagiava mais de 100 em julho, contagiou 98 em agosto. Ainda não é algo a ser comemorado, mas os especialistas entenderam a mudança como positiva, bem como outro fato alvissareiro, a média de óbitos provocados pelo novo coronavírus por dia, que superava mil, passou a ser inferior ao milhar. Já há algum tempo chamado platô, muito aguardado pelas autoridades sanitárias, foi atingido, mas a curva ainda não se dirigiu consistentemente para baixo. Por isso, não é hora de relaxar as medidas preventivas de contágio provocado por aglomerações, pois o fato positivo ainda não significa uma tendência de baixa de incidência de casos e óbitos. Mas a esperança se aproxima.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: