Muda foco da Lava Jato
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Muda foco da Lava Jato

Prisões de Temer, Moreira e Coronel Lima alteram foco da Lava Jato de Curitiba para Rio e pode levar a delações premiadas que incluam figurões da cúpula do Judiciário em novas delações premiadas que são previstas

José Nêumanne

22 de março de 2019 | 06h59

Segunda prisão de Fichtner pode levar a delações premiadas de indicações de figurões da Cúpula do Poder Judiciário. Foto: Ignacio Ferreira/Governo do Rio

Prisões de Michel Temer, Moreira Franco e Coronel Lima pelo juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato do Rio, muda o foco das atenções da mais célebre sede da operação, Curitiba, para a antiga capital federal. Esta mudança pode introduzir no cardápio de delações premiadas expoentes da cúpula do Judiciário. Decisão recente que levou à prisão o ex-chefe da Casa Civil do ex-governador Sérgio Cabral, Sérgio Fichtner, torna possível investigar declaração do “réu confesso” sobre indicações suas de nomes para altas Cortes. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas de sexta-feira 22 de março de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player

Tendências: