Moro contra o crime

Moro contra o crime

Tentativa de usar convite de Bolsonaro a Moro para ser ministro da Justiça para alegar parcialidade do juiz, PT mostra que democracia só lhe interessa quando ganha e governa, quando perde boicota povo

José Nêumanne

01 de novembro de 2018 | 16h19

Dois superministros do futuro governo encontram-se à frente da casa de Bolsonaro: Moro, da Justiça, e Guedes, da Fazenda. Foto: Antonio Lacerda/EFE

Moro contra o crime: Ao dar ao Ministério da Justiça condições de comandar combate à corrupção e ao crime organizado, Bolsonaro teve convite a Moro aceito e, ao usar isso como prova da parcialidade do juiz, PT se revela inimigo do Brasil.

Para ver este meu vídeo no Youtube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.