Moro celebrado por enfrentar corrupção

Exaltado pelos londrinos do Financial Times como uma das 50 personalidades da década, ministro da Justiça do Brasil é traído com inclusão do jabuti de juízes de instrução em seu pacote anticrime

José Nêumanne

26 de dezembro de 2019 | 18h19

Expoente no país do resultado da adesão ao combate à corrupção neste século, Moro é único brasileiro listado por Financial Times entre 50 personalidades da década. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Financial Times escolheu o ministro da Justiça, Sergio Moro, como uma das 50 personalidades que “se mostraram capazes de arrancar o poder consolidado de instituições” nesta década. O jornal britânico, sediado em Londres, capital do Reino Unido, fundador da democracia ocidental, tal como a conhecemos, é uma voz respeitadíssima da imprensa britânica no mundo inteiro por seu compromisso com os valores da liberdade e da honestidade, molas mestras do funcionamento do capitalismo. A reação do homenageado explicou a decisão: “O mérito é do movimento global anticorrupção que chegou à America Latina”, comentou o ex-juiz da Lava Jato. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.